Desafio Hub MG:
“Como reduzir a intervenção manual durante o processo de colheita do fruto do maracujá?”

Início 04/05/2022
| Fim 17/05/2022

descrição

A EMPRESA:

Multinacional de indústria de varejo com um portfólio de mais de 10 marcas, atuante no segmento de vendas de bebidas não alcoólicas, principalmente naturais. O carro-chefe é a produção e venda de sucos concentrados de maracujá, fruto que garante ao Brasil o ranking de maior produtor mundial.

O DESAFIO:

Em Minas Gerais, a empresa atua nas regiões do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba, em cerca de 65 municípios e lidam com aproximadamente 500 produtores. Destes, a maioria é de agricultores familiares, que cultivam o fruto do maracujá em áreas de no máximo 20 ha.
A empresa conta com uma equipe que se organiza em times de compra dos frutos e P&D. O processo de compra do maracujá é feito verticalmente, ou seja, diretamente com o produtor, o que possibilita o acompanhamento direto do processo produtivo desde o início do plantio, colheita e sacaria, até o transporte. Além disso, há o suporte de agrônomos com prospecção da produção, garantias de compra/venda de volume e preço mínimo.
Atualmente, a colheita é feita de forma manual, o que acarreta dependência da contratação de colaboradores para esse processo e reduz a competitividade da empresa. Por ser destinado à indústria, majoritariamente, o recolhimento dos frutos é feito diretamente no solo, após amadurecimento natural, com o tempo de 5 a 15 para ser colhido.
O período produtivo do fruto é de janeiro a setembro, o que leva a realização da colheita quinzenal nos meses de janeiro, agosto e setembro e para outros meses, semanal, podendo ser em até 2 vezes .
Atualmente, são necessárias de 2 a 3 pessoas por hectare para realizar a colheita e de 4 a 5 horas para que elas possam ensacar os frutos. No total, são cerca de 500 hectares de área plantada, o que leva a uma estimativa de 25 a 30 toneladas por ha, durante todo o ciclo que dura 18 meses.
A organização já tentou implantar algumas iniciativas inovadoras, mas ainda não obteve êxito. Espera-se que a solução encontrada possa ser disponibilizada para parte dos seus clientes/produtores, localizados em vários municípios mineiros. Com vistas a aumentar a sua participação no mercado mundial de vendas de concentrados de maracujá, a organização busca meios de reduzir a intervenção humana no processo de colheita e ampliar o volume colhido.

RESULTADOS ESPERADOS:

- Reduzir a mão de obra durante a colheita
- Reduzir o tempo da colheita
- Reduzir o custo da colheita
- Ampliar a produção do fruto
- Ampliar o faturamento das vendas
- Ampliar o volume das exportações



ÁREAS DE INTERESSE:

- Automatização/Robótica/Drones
- Conectividade
- Inteligência Artificial / IoT



CONTATO

Se você possui ou conhece uma potencial solução para este desafio se inscreva.
Dúvidas: [email protected]

O HUB MG identifica desafios relevantes de médias e grandes organizações mineiras, públicas e privadas, e as conectam com soluções da academia e do mercado ao redor do mundo de forma ágil e eficiente, em projetos piloto remunerados.

área relacionada

Automatização, Robótica, Drones, Inteligência Artificial

categorias

Agronegócio

Engenharia

Indústria e Manufatura

Máquinas e Equipamentos

Serviços de Tecnologia

Enterprise

Artistas / Música